Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Amor. (dia 8)

 

"O caminho que eu escolhi é o do amor. Não importam as dores, as angústias, nem as decepções que eu vou ter que encarar. Escolhi ser verdadeira. No meu caminho, o abraço é apertado, o aperto de mão é sincero, por isso não estranhe a minha maneira de sorrir, de te desejar o bem. É só assim que eu enxergo a vida, e é só assim que eu acredito que valha a pena viver."                                                                                                                                                                                                                                                      Clarice Lispector

E é assim que procuro orientar a minha vida...

 

Chuva de Punhais

 

 

Sinto-me apunhalada por todos os lados, como se uma chuva de punhais me tivesse atingido subitamente.

Sinto-me muito ferida, esventrada, com rasgos dilacerantes por todo o corpo.

As lâminas frias e afiadas vão cortando o meu ténue fio de vida.

Esvaio-me em sangue, torrentes imparáveis que me levam todas e quaisquer forças.

E eu choro, lágrimas de sangue brotam dos meus olhos e a voz embarga-se, calando os gritos surdos que queria dar.

E a alma? Essa já nem existe…

Foi levada pelos guardiões das trevas.

Renegociá-la vai ser difícil.

No lugar do coração, tenho um espaço vazio, frio, sem vida…

Razões? Pessoais, impessoais, da vida…

De onde menos espera, recebemos punhais como se fossem gotas de orvalho numa manhã fria de Inverno.

Um Problema de Expressão

Esta é dedicada a ti, N ...

 

 

 

Só pra dizer que te Amo,
Nem sempre encontro o melhor termo,
Nem sempre escolho o melhor modo.

Devia ser como no cinema,
A língua inglesa fica sempre bem
E nunca atraiçoa ninguém.

O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.

Só pra dizer que te Amo
Não sei porquê este embaraço
Que mais parece que só te estimo.

E até nos momentos em que digo que não quero
E o que sinto por ti são coisas confusas
E até parece que estou a mentir,
As palavras custam a sair,
Não digo o que estou a sentir,
Digo o contrário do que estou a sentir.

O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.

E é tão difícil dizer amor,
É bem melhor dizê-lo a cantar.
Por isso esta noite, fiz esta canção,
Para resolver o meu problema de expressão,
Pra ficar mais perto, bem mais de perto.
Ficar mais perto, bem mais de perto.